Mulheres lideram as tentativas de suicídio em Portugal

As mulheres lideram as tentativas de suicídio em Portugal mas são os homens que registam taxas mais elevadas de suicídios concretizados, por utilizarem métodos mais eficazes, como enforcamento, medicamentos e nas áreas rurais pesticidas e armas de fogo.

O retrato foi traçado pelo coordenador nacional para a Saúde Mental, Caldas de Almeida, na sequência de um estudo do Alto Comissariado da Saúde (ACS), que lança alguns dados sobre o suicídio no Continente.

Com base em dados do último Inquérito Nacional de Saúde (2005-2006), do Infarmed e do Instituto Nacional de Estatística, o Gabinete de Informação e Prospectiva do ACS indica que os homens registam as mais elevadas taxas de suicídio, especialmente os indivíduos com mais de 65 anos e viúvos. Seguem-se os divorciados ou separados.

Estes registos mostram a «influência significativa de perda de uma pessoa, em especial de um cônjuge», segundo Caldas de Almeida.
O padrão do estado civil é semelhante para ambos os géneros.

As taxas são mais elevadas entre os trabalhadores não qualificados, seguindo-se os trabalhadores de profissões manuais e os ligados à agricultura e pescas.

Na população com 65 anos ou mais, a taxa de suicídio é mais elevada no Alentejo e abaixo dessa idade os números mais expressivos registam-se no Algarve.

O suicídio tem aumentado no Algarve, facto que foi determinado pela população feminina, ao contrário do que acontece nas restantes regiões do país.

A maior expressão no sul tem, porém, diferentes explicações conforme as regiões: no Alentejo deve-se ao isolamento e há existência de muitos homens idosos que acusam o peso dessa situação.

No Algarve, a explicação passa pela população flutuante que atrai, nomeadamente para a área do Turismo e que inclui muitos migrantes e imigrantes que viajam sozinhos.

Entre 2003 e 2005, o suicídio era a oitava causa de morte em Portugal. No período 1999-2001 a média anual de óbitos por suicídio aumentou nos dois géneros e a média de idade passou dos 45,4 para 46,5 anos. Nos homens foi de 47,7 e para as mulheres de 49,1.

Nas faixas etárias mais baixas, depois dos acidentes viários e SIDA, o suicídio continua a ser uma das causas de morte.

Entre 1991-2005, a década de 90 registou um decréscimo, atingindo o valor mais baixo em 2000 (5,1 por 100 mil habitantes) e em 2002 a taxa mais elevada (11,6 por cem mil habitantes).
O pico para a população feminina aconteceu em 2004.

Em declarações à Agência Lusa, Caldas de Almeida declarou que as subidas no número de suicídios em Portugal contrariam a tendência constante ou de diminuição registada no resto do mundo, exceptuando o subgrupo dos jovens masculinos adultos.

O aumento em Portugal não corresponde a um aumento efectivo da taxa de mortalidade por suicídio, mas na melhoria das taxas de registo por esta causa de morte.

«É paralela a taxa de aumento dos suicidários com a diminuição do registo de morte por causa indeterminada. Muitos dos suicídios não se registavam dessa forma por motivos culturais e religiosos», disse.

Sobre o suicídio nos jovens adultos, o especialista adianta que é notada essa tendência, mas ainda não há certezas nos motivos, embora se apontem maiores vulnerabilidades na passagem da adolescência para a vida adulta nos rapazes.

Fonte: Diário Digital / Lusa.

3 thoughts on “Mulheres lideram as tentativas de suicídio em Portugal

  1. Manuel Rui

    Nada mais normal do que se suicidar em Portugal.
    O povo grosso e mal educado. O desemprego e a pobreza. O povo feio, as cidades velhas.
    O povo é ignorante e anlfabeto.
    Tudo é motivo.

    1. Desculpe,mas discordo,pois quem tem tendência para o suicidio,são pessoas noprmais,mas com muita sensibilidade e por vezes uma palavra mal dita ,pode desencadear a vontade de morrer…certamente nunca passou por isso ou teve familiares e amigos proximos que o fizessem…por isso agradeço,que se abstenha se fôr capaz, de comentárioa sem sentido que ainda fazem essas pessoas sentitem-se pior…pois estou nesse momento ,mas ainda tive coragem de lhe dizer o que penso

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s