Estatinas podem travar Alzheimer

O tratamento com estatinas pode ajudar a proteger contra a doença de Alzheimer. É sabido há muito que as células nervosas dos seres humanos morrem prematuramente pois são  sobrestimuladas, um processo denominado excitotoxicidade.
Com base nesta premissa, investigadores da Universidade de Groningen conduziram experiências em animais para testar o efeito da lovastatina. Segundo o relatório, publicado no Journal of Alzheimer’s Disease, este fármaco demonstrou ser capaz de prevenir a morte celular e bloquear a perda de memória que acompanha a excitotoxicidade. Os cientistas acrescentam que as estatinas conseguem, aparentemente, estimular a capacidade protectora do Factor de Necrose Tumoral.

Fonte: Mundo Sénior.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s