Para as crianças, o Google substitui os pais

A grande esperança de todos os pais é que os filhos os prefiram na hora de tirar dúvidas, pelo menos enquanto ainda são pequenos. Mas, nesta era, parece que o papá e a mamã já não são os educadores.

Um estudo da Birmingham Science City , citado pelo jornal inglês “Daily Mail “, revela que a maioria (54%) dos jovens entre os 6 e os 15 anos prefere ir fazer perguntas ao Google.Apenas 1/4 falaria com os pais primeiro.

Na era das novas tecnologias, também os professores e os livros são postos de parte. A mesma análise diz que 45% das crianças nunca usaram uma enciclopédia e 19% um dicionário em papel. Aliás, apenas 3% dos entrevistados no estudo escolheriam os professores para terem respostas.

“Não é surpreendente que, com respostas à distância de um clique, os jovens muitas vezes perguntem ao Google. No entanto, isso não é necessariamente mau”, disse ao jornal inglês Pam Waddell, diretor do Birmingham Science City.

Para Waddell, os resultados do estudo só provam que as crianças têm uma natureza curiosa, o que as torna capazes de utilizar as novas tecnologias.

Fonte: Expresso.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s