5 coisas que só o pessoal das ciência sociais entende

DOUT-Ciências-Sociais

 

1- A palavra ciência tem um significado mais amplo do que se julga.

Chega a ser desesperante, para alguém das ciências sociais, ver a palavra “ciência” excluir tudo o que fazem. Aqui vai um exemplo: imagina uma reportagem num infantário – se um miúdo está a tentar fazer um vulcão em miniatura, o jornalista pergunta “então meu bom Joãozinho, queres ser cientista, não é, meu pequeno rapazinho brilhante?”. Agora imagina que o miúdo está a fazer uma escavação no jardim do infantário. Vai tudo abaixo. “Então Alfredozinho, que m*rda é esta? Queres ser arqueólogo e andar com as unhas todas sujas, não é?” Pensa nisto: na secção Ciência, dos jornais, quantas descobertas científicas leste do campo da Sociologia, Antropologia ou Geografia Humana? Pois. São completamente ignorados.

2- O mesmo estudo, depois de replicado, pode dar resultados completamente diferentes.

Vamos dar um exemplo básico (meio parvo, até): em laboratório, se juntares 2 elementos químicos na mesma quantidade, o resultado vai ser igual em Lisboa e em Pequim. Nas ciências sociais? Nunca na vida. Entrevista-se a mesma pessoa duas vezes, com a diferença de uma hora entre entrevistas, e ela vai dar-te respostas diferentes. No marketing, por exemplo, o que hoje é verdade, amanhã é mais falso que o peito da Luciana Abreu. A vida dos cientistas sociais é um carrocel.

3- É difícil explicar-se o que se faz, a alguém de fora.

Por todas as razões que demos até agora – e mais algumas – explicar a um leigo o que faz um cientista social (pertença ele a que disciplina científica pertencer) pode tornar-se bastante difícil. Não é que eles não saibam o que fazem – longe disso! O problema é que os cientistas sociais estudam coisas que toda a gente julga compreender, sem precisar de estudo. Toda a gente tem opinião sobre a economia, toda a gente acha que tem um psicólogo dentro de si, toda a gente adora utilizar expressões como “cultura” ou “socialização” sem que as entendam completamente. E é por isso mesmo que se torna difícil explicar o que se faz: porque temos medo (sim, o autor do artigo é um cientista social) de não conseguir explicar o que fazemos sem que nos achem inúteis.

4- As ciências sociais são como o futebol!

Ao contrário da maioria das ciências naturais, onde as conclusões de um estudo são aceites sem levantar grandes problemas, nas ciências sociais raramente uma investigação científica termina sem que se levantem 350 questões. Nas ciências sociais, é mais do que comum escolherem-se lados! Na Sociologia, logo à partida, os alunos quase são obrigados a escolher um lado no debate estrutura vs agente. Na Psicologia, podes ser construtivista, behaviorista, entre muitas outras… na Economia deves posicionar-te entre o marxismo e o liberalismo. Qualquer dia vendem-se camisolas à porta das faculdades de ciências sociais!

5- SPSS? VADE RETRO, SATANÁS!

Queres assustar um cientista social? Diz-lhe “SPSS” ao ouvido, assim baixo e devagarinho. Ele vai tremer por todos os lados. O SPSS é um programa de computador, usado pelos cientistas sociais para organizarem e analisarem, por exemplo, os resultados obtidos através de um inquérito. Basicamente, é um Excel 3 vezes mais complicado. No início é lindo, até divertido e uma pessoa acha que vai facilitar o trabalho. O problema é quando o ponteiro do rato começa a ir para a barra superior, explorar opções, e o estudante de ciências sociais se apercebe de algo simples: que não percebe patavina do que está a fazer! É o inferno transformado em folha de cálculo.

 

Fonte : Cultura x, via EA Social.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s