5 Frases que se utilizam para ajudar alguém com depressão (e que só prejudicam ainda mais)

 

1. Depressão não é doença! É coisa de sua cabeça. Depressão é doença sim! E doença grave! Que tem tratamento, de fato, mas é grave e precisa ser monitorada de perto por auxílio profissional.
Dizer para alguém diagnosticada com “depressão” que isso é coisa da cabeça dela, é rebaixar todas as variáveis que fazem parte do diagnóstico da depressão a um nível de suposição, afirmando, por tabela, que a pessoa “deseja” estar assim. Portanto, uma alternativa a dizer que a pessoa não está doente, é dizer que ela está doente mas pode e precisa de ajuda profissional!
Conforme define Serpejante (2011),

“A depressão não tem hora nem lugar para aparecer. Pode surgir em qualquer pessoa independente do sexo, idade, condição social ou econômica. A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que até 2030 a depressão será a doença mais comum do mundo, afetando mais pessoas do que qualquer outro problema de saúde, incluindo câncer e doenças cardíacas.”

2. Isso é falta do que fazer! Se ocupe! Outro absurdo que deve passar bem longe dos ouvidos de quem está depressivo, é dizer que sua doença é fruto de seu estado ocioso ou de sua inatividade. Há um enorme número de pessoas cujo estado depressivo se dá justamente pelo excesso de ocupações, afazeres e responsabilidades diárias, que são fruto do mundo ultramoderno, vertiginoso, no qual vivemos. A depressão pode ser decorrente, por exemplo, de falta de tempo para si, para avaliar o conturbado estilo da vida que se está levando.

3. Você tem que sair mais! Só fica enfurnado, dentro de casa. Por outro lado, os casos de depressão não são apenas relacionados ao estilo de vida que o sujeito leva. Não se pode associá-los diretamente nem à boemia de um lado, nem à erudição de outro. Pois não se pode diagnosticar a doença apenas baseando-se na quantia de posts no facebook e nem no número de lugares que a pessoa conhece ou visita. O isolamento nem sempre é sinônimo de depressão. Há quem esteja no último estágio da doença, com uma vida social bastante agitada.

4. Você tem que se ajudar! Há quem, ao ouvir um discurso tão desprovido de empatia, embora repleto de boas intenções, se ”ajude” e cometa o suicídio. Assim, em sua imaginação, acabará com a dor, com o sofrimento e com a falta de perspectivas. Uma pessoa que está com depressão, muitas vezes, se vê como alguém perdido em um labirinto, num beco sem saída, em um ambiente hostil onde sua dor é absurda e ninguém a entende. Afirmar que a pessoa necessita se ajudar, como se a cura dela dependesse apenas da sua força de vontade, é o mesmo que afirmar que uma pessoa com câncer poderia ser curada apenas com a força do pensamento. Não refutamos aqui, o poder do pensamento positivo, nem o poder da força positiva, mas supomos que seria irresponsável dizer que apenas em sua vontade reside todo o arsenal de que necessita para lutar contra a depressão.

5. Você não quer incomodar sua família. É crueldade dizer para alguém que não se sente capaz, ainda que temporariamente, de se reerguer sozinho, que só está atrapalhando com sua doença imaginária, com sua pouca vontade de melhorar. Ninguém deseja incomodar a família, em estado saudável. Quando há essa intenção, é porque alguma coisa já está errada. Mas isso é tema de outro texto… A depressão necessita de acompanhamento profissional, gostaria de frisar, e, dependendo do estágio em que se encontra, até de uma equipe multidisciplinar, composta por médicos, psiquiatras, psicólogos, entre outros. Com isso, não quero alarmar quem já sofreu ou sofre com depressão, ou quem tem conhecidos e amigos nessa situação. O que quero, e é realmente é preciso, é que todos percebam a gravidade de um mal invisível e altamente destrutivo que ainda é, para muitos de nossa sociedade, coisa de gente desocupada!!!

Portanto, se você, na melhor das intenções, usa alguma dessas frases para “animar” alguém a sair da depressão, saiba que seu comportamento ignorante (de não saber) prejudica muito mais do que ajuda.

Referências:
Serpejante, Carolina. Fique alerta com as principais causas de depressão. 2011. Disponível em: http://www.minhavida.com.br/saude/galerias/13687-fique-alerta-com-as-principais-causas-de-depressao, acessado em 30 de outubro de 2015.

Fonte: Psiconlinews.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s