Cérebro tem região relacionada com a felicidade?

 

felicidade

A felicidade é buscada por todas as pessoas. Porém, esta busca pode ser muito complicada, justamente pelo conceito de “felicidade” ser de difícil definição. Tal questão intriga os filósofos há milhares de anos, e até hoje, tem múltiplas interpretações. Porém, recentes avanços na neurociência finalmente começaram a lançar luz sobre a questão, podendo ter encontrado a resposta para o que determina a felicidade.

Um novo estudo acredita que a felicidade “está na sua cabeça”. Isso pode parecer óbvio, mas, neste caso, as especificidades também são determinantes e literais. Ao comparar resultados de ressonância magnética com questionários sobre estados emocionais, pesquisadores da Universidade de Kyoto, no Japão, afirmam ter relacionado a experiência de felicidade a uma parte específica do cérebro humano.

A felicidade geral, segundo eles, ocorre quando as emoções positivas combinam com um sentido de satisfação anterior da vida. Tudo isso acontece na região do pré-cúneo cerebral, uma parte posterior da cabeça, localizada entre os hemisférios do órgão, relacionada com tarefas importantes, como memória, autorreflexão e consciência.

Para identificar a localização de felicidade, Wataru Sato, autor do estudo, e seus colegas, usaram a ressonância magnética para mapear o cérebro dos participantes, que, em seguida, foram questionados sobre o seu sentido geral de felicidade, a intensidade de suas emoções e seu grau de satisfação com a vida. Após análise dos dados, os pesquisadores descobriram que aqueles que tiveram maior pontuação no exame felicidade, também tinham mais massa cinzenta naquela região. Basicamente, as pessoas mais felizes possuíam um pré-cúneo maior. “Ao longo da história, muitos eminentes estudiosos, como Aristóteles, tentaram definir o que é felicidade. Eu estou muito feliz agora que sabemos mais sobre o que significa ser feliz”, disse ele.

Este foi o primeiro estudo a mostrar a relação entre felicidade e a região do pré-cúneo cerebral. Fenômenos complexos – como a felicidade – raramente resumem-se a uma região do cérebro, mas outras pesquisas recentes também apontaram um papel descomunal do pré-cúneo na sensação de alegria. Um estudo publicado este ano relacionou a região cerebral à depressão. E outro estudo de 2014 sugere que a região é ativada durante a autorreflexão e controla a sensação de “sonhar acordado”.

Apesar de parecer algo “esotérico”, os neurocientistas interessam-se em saber quais partes do cérebro humano podem gerar a sensação de felicidade, as pesquisas são importantes para o desenvolvimento de formas mais precisas de métodos que possam aumentar a sensação – como viagens, exercícios ou meditação.

“Vários estudos têm demonstrado que a meditação aumenta a massa cinzenta no pré-cúneo. Esta nova visão sobre onde a felicidade está localizada no cérebro será útil para o desenvolvimento de programas de felicidade baseados em pesquisa científica”, concluiu Sato.

 

Fonte: Jornal Ciência.

One thought on “Cérebro tem região relacionada com a felicidade?

  1. Pingback: Cérebro tem região relacionada com a felicidade? | Artigos Científicos e Acadêmicos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: