Cientistas querem perceber melhor o stress no local de trabalho

LEONARDO NEGRÃO / GLOBAL IMAGENS

Como vive o seu local de trabalho? Um grupo de investigadores portugueses quer saber

Para estudar o stress e as pressões no local de trabalho, um grupo de investigadores portugueses lançou um inquérito abrangente destinado a qualquer pessoa que esteja empregada. A iniciativa está a ser realizada no âmbito de um protocolo com o projeto canadiano Guarding Minds @ Work (GM@W, ou protegendo mentes no trabalho, em tradução literal).

O questionário dos investigadores portugueses José Magalhães, Victoria Paul e Nuno Terenas está disponível online para ser realizado por qualquer pessoa que queira realizá-lo, atravésdesta ligação. Segundo os investigadores, o inquérito leva aproximadamente 20 minutos a realizar.

O objetivo é perceber melhor, junto da população portuguesa, qual a situação no que toca à prevalência dos efeitos negativos do stress e das pressões psicológicas no local de trabalho. Com a situação mais bem estudada, será possível desenvolver estratégias para preservar a saúde mental no trabalho.

Em comunicado, os investigadores destacam que “cerca de 22% dos trabalhadores da União Europeia (em Portugal são cerca de 28%) estão afetados pelas consequências negativas do stress (representam 40 milhões de profissionais de todas as atividades)”.

Fonte: DN.

Advertisements

One thought on “Cientistas querem perceber melhor o stress no local de trabalho

  1. Pingback: Cientistas querem perceber melhor o stress no local de trabalho | Artigos Científicos e Acadêmicos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s