As 97 novas regiões do cérebro e um mapa extraordinário


Novo mapa do cérebro humano | MATTHEW F. GLASSER, DAVID C. VAN ESSEN/REUTERS

Numa proeza científica, um grupo de investigadores da Universidade de Washington, em Saint Louis, nos Estados Unidos, atualizou o mapa centenário do cérebro humano, adicionando 97 novas regiões às 83 anteriormente conhecidas. As 180 zonas cerebrais identificadas são relevantes no controlo da linguagem, perceção, consciência, pensamento, atenção e sensação.

De acordo com o The Guardian, espera-se agora que este mapa, o mais completo do córtex humano alguma vez apresentado, substitua o de Brodmann (realizado há mais de 100 anos) no trabalho diário das mais diversas áreas científicas.

O esquema divulgado pelos investigadores na revista Nature foi construído a partir da combinação de múltiplas ressonâncias magnéticas a 210 jovens adultos, que participaram no Human Connectome Project, um programa dedicado à compreensão da conectividade neuronal.

Na revista, Matthew Glasser e os outros cientistas envolvidos no projeto explicam como combinaram ressonâncias à estrutura cerebral, às funções e à conectividade para criar o novo mapa. Alguns pacientes foram testados enquanto descansavam, outros enquanto faziam exercícios de matemática ou ouviam histórias para que se assegurasse o maior alcance possível da pesquisa.

O esquema, que ficará disponível a custo zero, deverá auxiliar o trabalho científico na áreas dedicadas ao mapeamento do córtex humano. A neurocirurgia deverá também beneficiar desta conquista (já que os cirurgiões poderão identificar com maior facilidade as zonas que estão a operar.) A longo prazo, o mapa possibilitará a investigação de um vasto manancial de perturbações, como a demência e a esquizofrenia.

O mapa dos investigadores da Unidade de Washington deverá ainda ser preferido aos anteriores, já que anteriormente apenas um dos aspetos do cérebro era tido em conta: ora o aspeto da superfície quando observada ao microscópio ora o desempenho das diversas zonas quando estimuladas.

O mapa de Brodmann, o primeiro a esquematizar o cérebro humana, identificara há mais de 100 anos, apenas 50 regiões distintas na superfície enrugada do córtex humano.

Fonte: DN.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s